1/4 dos municípios atendidos no Credeq não são goianos

Vinte e quatro por cento dos municípios atendidos no Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química em Aparecida de Goiânia (Credeq – Prof. Jamil Issy) não são de Goiás, mas de 13 estados e o Distrito Federal. Ao todo, o Credeq – Prof. Jamil Issy atendeu pacientes de 202 municípios, sendo 153 goianos (leia quadro abaixo), colocando-o como a unidade da rede de saúde estadual com maior atendimento de amplitude nacional.

Os dados correspondem aos 29 meses de funcionamento da primeira e única unidade pública e goiana a realizar atendimentos ambulatoriais e de internações para casos severos da dependência química, numa perspectiva de reabilitação. Uma modalidade em que reúnem casos complexos e de alto custo.

De acordo com o diretor técnico do espaço terapêutico, psiquiatra Tiago Oliveira, a procura pelos serviços do Credeq – Prof. Jamil Issy se deve ao fato de que em outras federações não se encontra nenhum serviço semelhante ao disponibilizado pela unidade goiana, no que se refere a esfera pública. O médico frisa, que o protocolo terapêutico, assim como o corpo técnico e auxiliar, são ofertas existentes apenas em algumas clínicas particulares brasileiras.

Apesar deste cenário, o custeio do Credeq – Prof. Jamil Issy tem sido executado pelo tesouro goiana. De acordo com o coordenador Nacional de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Ministério da Saúde, professor e médico Quirino Cordeiro, o modelo Credeq – Prof. Jamil Issy é uma realidade a ser reproduzida em outros estados brasileiras. O Credeq – Prof. Jamil Issy começou a atender no dia 23 de junho de 2016.

Os primeiros 222 dias de atividades foram de funcionamento parcial, conforme contrato, apenas com internação para pacientes masculinos e adultos. Nos cinco primeiros meses de 2017, mesmo que paulatinamente, ocorreu a implantação total dos serviços. Sempre por meio da regulação a partir dos pacientes enviados pelos CAPS, conforme modelagem original.

A partir de 1º de dezembro de 2017, a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES/GO), autorizou que o Credeq – Prof. Jamil Issy recebesse pacientes de qualquer unidade de saúde, por meio da regulação. O número de pacientes em primeiro atendimento saltou de 85 em novembro de 2017 para 244 em dezembro.

Em 2018, o Credeq – Prof. Jamil Issy cumpriu integralmente as suas metas de produção assistencial (parte fixa – 8,7% a mais de internações contratadas e 29,8% de atendimentos ambulatoriais) e de indicadores de qualidade (parte variável – dados qualitativos).

Municípios Goianos

Abadia de Goiás

Abadiânia

Acreúna

Águas Lindas de Goiás

Alexânia

Americano do Brasil

Anápolis

Anhanguera

Anicuns

Aparecida de Goiânia

Araçu

Aragarças

Aragoiânia

Araguapaz

Arenópolis

Aruanã

Avelinópolis

Barro Alto

Bela Vista de Goiás

Bom Jardim de Goiás

Bonfinópolis

Brazabrantes

Buriti Alegre

Buriti de Goiás

Cachoeira de Goiás

Caçu

Caiapônia

Caldas Novas

Caldazinha

Campestre de Goiás

Campo Alegre de Goiás

Campo Limpo de Goiás

Campos Belos

Campos Verdes

Carmo do Rio Verde

Catalão

Caturaí

Ceres

Cezarina

Cocalzinho de Goiás

Córrego do Ouro

Corumbá de Goiás

Corumbaíba

Cristalina

Cristianópolis

Crixás

Cromínia

Cumari

Doverlândia

Edéia

Faina

Firminópolis

Formosa

Goianápolis

Goianésia

Goiânia

Goianira

Goiás

Goiatuba

Gouvelândia

Guapó

Guaraíta

Guarinos

Heitoraí

Hidrolândia

Hidrolina

Indiara

Inhumas

Ipameri

Iporá

Israelândia

Itaberaí

Itaguari

Itajá

Itapaci

Itapirapuã

Itapuranga

Itarumã

Itauçu

Itumbiara

Jandaia

Jaraguá

Jataí

Jaupaci

Joviânia

Jussara

Leopoldo de Bulhões

Mara Rosa

Marzagão

Matrinchã

Minaçu

Mineiros

Morrinhos

Mossâmedes

Mozarlândia

Mundo Novo

Nazário

Nerópolis

Niquelândia

Nova Crixás

Nova Veneza

Novo Brasil

Orizona

Ouro Verde de Goiás

Ouvidor

Padre Bernardo

Palmeiras de Goiás

Palmelo

Palminópolis

Paranaiguara

Paraúna

Petrolina de Goiás

Pilar de Goiás

Piracanjuba

Piranhas

Pirenópolis

Pires do Rio

Pontalina

Porangatu

Professor Jamil

Quirinópolis

Rialma

Rianápolis

Rio Verde

Rubiataba

Sanclerlândia

Santa Bárbara de Goiás

Santa Fé de Goiás

Santa Helena de Goiás

Santa Isabel

Santa Rosa de Goiás

Santo Antônio de Goiás

São Domingos

São Francisco de Goiás

São João da Paraúna

São Luís de Montes Belos

São Miguel do Araguaia

São Miguel do Passa Quatro

São Simão

Senador Canedo

Silvânia

Simolândia

Taquaral

Terezópolis de Goiás

Trindade

Turvânia

Uruaçu

Uruana

Urutaí

Valparaíso de Goiás

Varjão

Vianópolis

Vila Propício

 

Estados Brasileiros: Municípios

Bahia: Cairu, Correntina e Feira de Santana

Distrito Federal: Brasília, Novo Gama, Novo Planalto, Planaltina, Cidade Ocidental e Luziânia

Espírito Santo: Água Doce do Norte

Maranhão: Itapecuru Mirim, Balsas, Buriticupu, Codó, Bacabal e São João do Soter

Mato Grosso: Alta Floresta, São José do Xingu, Cumaru do Norte, Canarana, Confresa, Nova Mutum, Araguainha, Rondonópolis e Água Boa

Mato Grosso do Sul: Campo Grande

Minas Gerais: Carmo do Paranaíba, Uberlândia, Alfenas, Betim e Ituiutaba

Pará: Castanhal, Belém, Conceição do Araguaia e Novo Progresso

Pernambuco: Araripina

Piauí: Cocal

Rio Grande do Norte: Natal, Sabino e Itajá

Rondônia: Porto Velho

São Paulo: Ribeirão Preto e São Paulo

Tocantins: Arraia, Gurupi, Palmas, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins e Miranorte

FONTE: Comunicação Credeq

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.