Mais de 200 candidatos que concorreram ao pleito de 2018 em Goiás não prestaram contas à Justiça Eleitoral, o prazo final para apresentar os documentos foi até 6 de novembro. Porém, a Justiça Eleitoral já notificou os devedores, que têm agora o prazo de 72 horas para enviar os documentos ao Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO).

Ao todo foram 1.154 candidatos, todos devem informar dados de suas contas bancárias e diretórios, financiamento coletivo, nota fiscal eletrônica e informações de permissionários. Nenhum dos eleitos está na lista. Os partidos que estão inadimplentes são: Rede, Partido Social Cristão (PSC), Partido da Causa Operária (PCO), Partido da Mobilização Nacional (PMN), Partido da Mulher Brasileira (PMB) e Partido Pátria Livre (PPL).

Quem já teve os processos julgados pelo MP Eleitoral e não foi eleito, precisa entrar com petição, mas pode ficar inelegíveis pelo tempo da legislatura atual.