Por maioria de votos (27), o desembargador Walter Carlos Lemes, atual corregedor-geral da Justiça de Goiás, foi eleito nesta quarta-feira (28) pelo Tribunal Pleno (composto pelos 36 desembargadores que integram o órgão), presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás para o Biênio 2019/2021. A sessão solene e aberta foi realizada no Plenário do Órgão Especial.

Juntamente com o desembargador Walter Carlos Lemes, foram eleitos também os desembargadores Nicomedes Domingos Borges (30 votos) para vice-presidente, e Kisleu Dias Maciel Filho (30 votos) para o cargo de corregedor-geral da Justiça. A posse dos novos dirigentes do Tribunal goiano ocorrerá no dia 1º de fevereiro de 2019. Também concorreu à presidência do TJGO a desembargadora Nelma Branco Ferreira Perilo, que obteve 8 votos.

Com 37 anos de exercício da magistratura, o desembargador Walter Carlos expressou imensa satisfação e alegria pela confiança depositada nele pelos colegas e afirmou que pretende retribuir à altura. O próximo presidente do TJGO elogiou a desembargadora Nelma Perilo e disse que espera contar com o apoio dos colegas, firmando o compromisso de primar por uma administração moderna, transparente e dinâmica. “Me sinto extremamente honrado por ter sido escolhido pelos meus pares para essa missão tão gratificante e maravilhosa que é a Presidência do TJGO. Minha intenção é atuar sempre em conjunto, pois acredito que com a união de esforços é possível promover as mudanças necessárias. Assumo aqui na presença de todos o compromisso de administrar este Tribunal pautado na modernidade, na transparência e na celeridade. Agradeço a todos que me acompanharam e primeiramente a Deus que me permitiu chegar até aqui”, emocionou-se.

Também é do seu pensamento a perfeita harmonia entre os Poderes, cuja premissa básica é o respeito e o diálogo. “Pretendemos estabelecer relações harmônicas com todos os Poderes na nossa gestão, pois acredito que somente assim será possível alcançar resultados efetivos, valorizando, antes de tudo, o diálogo aberto e o respeito”, frisou.

Primando por uma conduta sempre respeitosa, a desembargadora Nelma Perilo agradeceu os desembargadores que votaram nela e também aqueles que não votaram ao ressaltar a importância de se viver em uma democracia, onde cada um tem a opção de escolha. Também desejou ao desembargador Walter sucesso na gestão. “A democracia deve ser respeitada sempre e, por essa razão, acato tranquilamente a opção da maioria. Desejo ao desembargador Walter Carlos muito sucesso na sua gestão. Que sua caminhada seja serena, de paz, com as bençãos de Deus”, almejou. Tanto o desembargador Nicomedes Borges quanto o desembargador Kisleu Maciel também fizeram questão de agradecer aos colegas pela confiança depositada, após a votação.

FONTE: Centro de Comunicação Social do TJGO