A firma de moda da estilista Victoria Beckham registrou em 2018 perdas avaliadas em 10,1 milhões de libras (US$ 12,7 milhões), 2 milhões de libras (US$ 2,5 milhões) a mais que no ano anterior.

Segundo os dados divulgados pela companhia da ex-Spice Girl e mulher do ex-jogador David Beckham, os ingressos cresceram 17% com relação ao ano anterior, mas a empresa “continua investindo seus lucro no negócio”.

Os ingressos chegaram a 42,5 milhões de libras (US$ 53,4 milhões) com um aumento nas vendas de todas as linhas de roupa da marca.

A empresa antecipou seu compromisso em tentar reduzir as perdas apesar de estar em “um entorno comercial difícil”, uma tendência que espera acabar em médio prazo.

A marca Victoria Beckham conta com uma loja no exclusivo bairro londrino de Mayfair e outra em Hong Kong, mas, além disso, opera através de 400 distribuidores em mais de 50 países.

Beckham, considerada um ícone de estilo que marca tendências no mundo da moda, ganhou fama quando cantava com o grupo Spice Girls, quando era conhecida como Posh Spice (Spice elegante).

FONTE: Agência EFE