Espanha, Reino Unido, França, Alemanha e outros países europeus reconheceram nesta segunda-feira o opositor Juan Guaidó como “presidente encarregado” da Venezuela, após expirar o ultimato dado a Nicolás Maduro, que se negou a convocar novas eleições presidenciais.

“O governo da Espanha anuncia que reconhece oficialmente o presidente da Assembleia da Venezuela, o senhor Guaidó, como presidente encarregado da Venezuela para que convoque eleições presidenciais no menor prazo de tempo possível”, afirmou o presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, que pediu a organização no menor prazo de tempo possível de novas eleições.

Imediatamente depois, Reino Unido, França, Alemanha, Áustria, Suécia e Dinamarca também reconheceram Guaidó, que já contava com o apoio dos Estados Unidos, Canadá e vários países latino-americanos do Grupo de Lima.

Saiba mais em: https://istoe.com.br/venezuela-paises-europeus-reconhecem-guaido-ao-fim-do-ultimato-a-maduro/

Fonte: Isto é