Milhares de usuários ficaram sem acesso a cerca de US$ 137,21 milhões em criptomoedas de suas contas da plataforma digital canadense Quadriga, depois que o fundador, a única pessoa com a senha de acesso, morreu repentinamente em dezembro. O problema afetou 115 mil clientes.

Gerald Cotten morreu aos 30 anos, devido a complicações com a doença de Crohn, enquanto fazia voluntariado em um orfanato na Índia, de acordo com a página do Facebook da Quadriga CX, que anunciou sua morte em 14 de janeiro.

A plataforma, que permite a negociação de Bitcoin, Litecoin e Ethereum, entrou com pedido de proteção ao credor no Supremo Tribunal da Nova Escócia na semana passada. Segundo a viúva de Cotten, Jennifer Robertson, o principal computador de Cotten continha uma “carteira fria” de criptomoedas, que só é acessível fisicamente e não online”. Quadriga, a maior corretora de criptomoedas do país, tem 363 mil usuários registrados e calcula gerenciar cerca de 250 milhões de dólares canadenses.

Saiba mais em: https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/02/05/usuarios-ficam-sem-acesso-a-milhoes-em-criptomoedas-apos-morte-de-dono-de-corretora.ghtml

Fonte: G1