TRF determina soltura de ex-diretor da Saneago preso na Operação Decantação

Robson Salazar, ex-diretor da gestão corporativa da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago), foi solto na noite desta sexta-feira (29). Soltura foi determinada pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região. Os quatro outros presos na 2ª fase da Operação Decantaçãodeflagrada na última quinta-feira (28) permanecem presos. Ação investiga esquemas de corrupção na estatal.

Por meio de nota (confira íntegra), a defesa de Salazar afirmou que a decisão confirma que a Autoridade Judicial é incompetente, já que não há contemporaneidade dos fatos narrados. Segundo os advogados do ex-diretor, os fatos são os mesmos que ensejaram a denúncia na primeira fase da Operação. “Não há qualquer fato novo a motivar a medida tão gravosa”, diz trecho.

Na tarde de sexta-feira (29), a soltura de outros dois presos foi negada pela Justiça. Carlos Eduardo Pereira da Costa e a esposa dele, Nilvane Tomás de Sousa Costa, continuam detidos sob a alegação de há indícios de que o casal seria um dos operadores do esquema.

O habeas corpus do ex-chefe de gabinete de Marconi Perillo, Luiz Alberto e da filha dele, Gisella Silva de Oliveira ainda não foi analisado.

Saiba mais em: https://www.emaisgoias.com.br/trf-determina-soltura-de-ex-diretor-da-saneago-preso-na-operacao-decantacao/

(Fonte: Mais Goiás)

Endereços do ex-governador José Eliton são alvos de buscas da PF

Endereços do ex-governador José Eliton (PSDB) são alvos da 2° fase da Operação Decantação, que apura fraude em licitações e desvio de dinheiro na Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago). Operação foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (28), pela Polícia Federal (PF). Até o momento, ação resultou na prisão de cinco pessoas, além de oito mandados de busca e apreensão. Justiça também determinou o sequestro de 65 imóveis avaliados em R$ 35 milhões.

Ao Mais Goiás, a assessoria do político afirmou que ele está em uma audiência como advogado na cidade de Posse. O retorno do tucano a Goiânia está previsto para a tarde de hoje. A equipe de José Eliton confirmou que o apartamento dele na capital foi alvo de mandado. No local, foi apreendido um computador de uso do filho mais novo do ex-gestor. O político irá se pronunciar quando tiver acesso ao inquérito da Operação.

Presidente do Senado enterra segunda tentativa de criação de CPI da Lava Toga

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), enterrou nesta terça-feira (26), pela segunda vez neste ano, a tentativa de se criar uma comissão parlamentar de inquérito para investigar integrantes de Tribunais Superiores, a chamada CPI da Lava Toga. “O requerimento não reúne os pressupostos constitucionais e regimentais de admissibilidade. Determino seu arquivamento”, disse o presidente do Senado.

O próprio Davi, no entanto, encaminhou sua decisão à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) para que o colegiado se manifeste. Assim, não terá que arcar com o peso de tomar a decisão final.

Davi já havia se manifestado contra e, nos últimos dias, atuou junto com o governo para tentar demover seus 29 colegas que assinaram o requerimento de criação da CPI. Para tentar se proteger politicamente, já que se não todos, a maioria dos signatários integram sua base de apoio, Davi encomendou dois pareceres.

“Vossa excelência foi eleito presidente desta Casa para mudar. Foi o seu discurso”, disse o senador Lasier Martins (PODE-RS), antes mesmo do anúncio oficial de Davi.

“Queria pedir a Vossa Excelência que não transforme esta Casa em uma bastilha. É um momento de pacificação, e nós estamos conseguindo manter isso de uma forma serena, de uma forma tranquila, o que outras Casas não estão conseguindo. Mas agora, neste exato momento, é decisivo. Nós não podemos fazer de conta que isso não está acontecendo nesta Casa”, disse Eduardo Girão (PODE-CE).

Saiba mais em: https://www.emaisgoias.com.br/presidente-do-senado-enterra-segunda-tentativa-de-criacao-de-cpi-da-lava-toga/

(Fonte: Mais Goiás)

Caiado diz que Bolsonaro deu por encerrada a crise entre seu governo e o Congresso

O governador Ronaldo Caiado disse na manhã desta quarta-feira (27) em Brasília que o “ciclo de crise” entre o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), e o Congresso Nacional está terminado. Em entrevista coletiva à imprensa no Palácio do Planalto, logo após uma audiência, Caiado afirmou ter ouvido do presidente que da parte a crise está encerrada.

O governador garantiu que Bolsonaro vai investir em um “ciclo virtuoso”, de “diálogo aberto com os parlamentares e de resultados para a população.” Para isso, o presidente promete uma série de conversas com líderes e presidentes de partidos. Vai também iniciar viagens pelo país, que, segundo Caiado, não eram realizadas pelo presidente por conta de sua recuperação da cirurgia de reversão da colostomia, realizada no final de janeiro.

A crise política entre o governo e o Congresso começou com a troca de farpas de Bolsonaro com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). O democrata criticou a falta de articulação política do governo em favor da aprovação da reforma da previdência. Bolsonaro retrucou dizendo que não ia aderir à “velha política” e disse que já tinha feito a sua parte na reforma, enviando a proposta de emenda constitucional ao Congresso.

Saiba mais em: http://sagresonline.com.br/noticias/politica/90954-caiado-diz-que-bolsonaro-deu-por-encerrada-a-crise-entre-seu-governo-e-o-congresso

(Fonte: Sagres)

Vazamento de amônia em indústria de alimentos deixa funcionários intoxicados, em Rio Verde

Um vazamento de amônia em uma indústria de alimentos em Rio Verde, no Sudoeste goiano, deixou 10 funcionários intoxicados na manhã desta quarta-feira (27). De acordo com os bombeiros, as vítimas foram transportadas para um hospital particular. Testemunhas relataram que o incidente aconteceu por volta de 5h30.

Segundo relato de trabalhadores, no momento do incidente, dois mil funcionários trabalhavam no local e foram colocados em uma parte externa empresa. É a segunda vez que a indústria registra vazamento de amônia.

De acordo com os bombeiros, das 10 vítimas, quatro foram transportadas pela corporação. Alguns pontos da empresa continuam isolados. “Em razão da amônia residual, alguns locais continuam isolados. A corporação trabalha neste momento ventilando esses locais”, explica o capitão dos bombeiros de Rio Verde, William Alves.

Em nota, a BRF alimentos informou que o vazamento de amônia já foi controlado. “No momento do fato, a companhia imediatamento acionou o seu plano de evacuação para preservar a saúde e segurança dos funcionários”

De acordo com a empresa, no momento do incidente, 10 funcionários tiveram que ser levados para um hospital particular e permanecem em observação. Segundo a nota da companhia, o estado dos trabalhadores é bom.

As causas do vazamento ainda são investigadas. Na nota encaminhada pela empresa, a companhia ressaltou que mobilizou uma equipe especializada para investigar os fatos. Parte das atividades foram retomadas e, nas próximas horas, as demais áreas também serão liberadas.

Saiba mais em: https://www.emaisgoias.com.br/vazamento-de-amonia-deixa-funcionarios-entoxicados-em-industria-de-alimentos-em-rio-verde/

(Fonte: Mais Goiás)

Câmara aprova PEC que tira poder do governo sobre o Orçamento

Em votação-relâmpago, a Câmara aprovou em dois turnos a proposta de emenda constitucional que retira do governo poder sobre o Orçamento. O texto vai ao Senado para ser analisado. Aprovado com ampla maioria (448 votos em primeiro turno e 453 no segundo turno) representa uma derrota para o governo do presidente Jair Bolsonaro.

A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) torna o Orçamento mais engessado, pois classifica como obrigatório o pagamento de despesas que hoje podem ser adiadas, principalmente investimentos. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), se comprometeu a votar a proposta “o mais rápido possível”. “Se pudesse todo o Orçamento do Brasil serem emendas impositivas para fazer as obras importantes de norte a sul deste país, teríamos um país com menos desigualdade”, afirmou.

Apesar de articulação de líderes da Câmara ter o objetivo de mandar um recado para o Palácio do Planalto, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que participou desde o começo da tratativa, negou que os deputados tenham imposto uma derrota ao governo, com quem Maia travou um embate nos últimos dias. “Essa PEC reafirma a independência da Câmara. É um gesto importante do governo querer sinalizar pelo fortalecimento do Parlamento. Acho que é um momento histórico.”

Saiba mais em: https://www.emaisgoias.com.br/camara-aprova-pec-que-tira-poder-do-governo-sobre-o-orcamento/

(Fonte: Mais Goiás)

Caiado anuncia início de pagamento escalonado dos servidores do Estado

O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou, na noite desta segunda-feira (25), o início do pagamento escalonado referente ao mês de dezembro de 2018 a servidores do Estado. Em sua conta oficial no Twitter, o democrata afirmou que se a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) aprovar o pedido de crédito especial na tarde desta terça-feira (26), “boa parte” dos servidores que recebem até R$ 5,1 será contemplada até a próxima sexta-feira (29).
“Com o que já conseguimos adiantar no último mês, 6ª estaremos quitando 55,63% da folha de dezembro. Creiam que o esforço tem sido grande. O exercício para cortar despesas da máquina é constante, assim como as idas a Brasília em busca de recursos para quitar o restante da folha”, diz um dos tuítes.

Saiba mais em: https://www.emaisgoias.com.br/caiado-anuncia-inicio-de-pagamento-escalonado-a-boa-parte-dos-servidores-do-estado/

(Fonte: Mais Goiás)

Professores da Escola Raul Brasil, em Suzano, retornam às atividades

Os professores da Escola Estadual Professor Raul Brasil retomam hoje (25) às atividades para dar continuidade ao ano letivo. O retorno dos alunos está programado para amanhã (26), a partir das 7h com as boas-vindas de toda a equipe da escola.

As aulas na Raul Brasil estão suspensas desde o dia 13, quando dois ex-alunos de 17 e 25 entraram na unidade, armados e encapuzados para um ataque que deixou sete alunos mortos, além de 11 feridos. Eles também morreram no ataque.

Na sexta-feira (22), professores, gestores e a equipe pedagógica da Secretaria Estadual de Educação, além de instituições parceiras, reuniram-se para elaborar as diretrizes pedagógicas da retomada das atividades regulares na escola.

De acordo com a secretaria, diversas instituições se colocaram à disposição para dar continuidade aos trabalhos na escola, tanto no âmbito pedagógico quanto no suporte psicológico de alunos e funcionários.

Entre os parceiros estavam o Centro de Apoio Psicossocial (Caps); o Centro de Referência e Apoio à Vítima (Cravi); a Universidade Braz Cubas; a Universidade Cruzeiro do Sul; o Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Suzano; a Neuroconecte; o, Conselho Regional de Psicologia; a Defensoria Pública; a Secretaria Municipal de Educação de Suzano; a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); a Universidade Estadual Paulista (Unesp) e a Universidade Federal Mato Grosso do Sul (UFSM).

Saiba mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2019-03/professores-da-escola-raul-brasil-em-suzano-retornam-atividades

(Fonte: Agência Brasil)

AMISTOSOS DA ULTIMA SEMANA, CONFIRA AE. SEMANA DAS ZEBRAS

Deixe seu Like e curta nossos outros canais:
Facebook TV Online Notícias: https://www.facebook.com/tvonlinego
Site TV Online Notícias: www.tvonlinego.com
Instagram TV Online Notícias: https://www.instagram.com/tvonlinego/
Youtube TV Online Notícias: https://www.youtube.com/c/TVONLINEGOIAS

Na TV Online Notícias você fica por dentro do que acontece em Goiás no Brasil e no mundo. Entre em nosso site e saiba mais: www.tvonlinegoias.com

Governo paga R$ 50 mil mensais a assessores de Lula mesmo após prisão, diz jornal

Há quase um ano, o governo federal desembolsa cerca de R$ 50 mil mensais em salários para custear a assessoria e a segurança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo com ele preso em Curitiba desde abril de 2018. O Ministério Público defende a redução dos benefícios após a prisão de Lula. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Lula possui direito vitalício a quatro seguranças, dois motoristas, dois carros oficiais e dois assessores. Outros cinco ex-presidentes vivos possuem os mesmos benefícios. O pagamento continua mesmo com Lula preso na sede da Polícia Federal desde abril do ano passado, mesmo ele saindo do local apenas duas vezes desde então.

Os oito servidores, sendo sete militares, ainda recebem remuneração extra por conta da função comissionada. Eles foram escolhidos pelo próprio Lula e integram sua equipe desde a época em que o petista era presidente da República, segundo a publicação. Eles trabalham, atualmente, 40 horas por semana, mas não atuam na segurança de Lula, que está sob responsabilidade da Polícia Federal.

O benefício de Lula chegou a ser cassado um mês após sua prisão, em maio de 2018, mas a defesa do ex-presidente recorreu e ainda não há uma decisão sobre o assunto. Na época, uma liminar foi expedida por um juiz federal de Campinas. O Ministério Público Federal também já solicitou a revisão do benefício.

“Submetido que ele está a um regime especial de custódia e vigilância, não há sentido em proporcionar-lhe segurança e apoio extraordinário que somente a vida em liberdade justificaria”, afirmou Walter Rothenburg, procurador regional do MPF, em seu parecer. O direito a dois assessores, no entender do procurador, é justificável.

Saiba mais em: https://www.emaisgoias.com.br/governo-paga-r-50-mil-mensais-a-assessores-de-lula-mesmo-apos-prisao-diz-jornal/

(Fonte: Mais Goiás)