Pouco mais de 6 milhões ainda não declararam IR; prazo termina amanhã

Balanço da Receita Federal mostra que, até as 9h desta segunda-feira (29), 23.943.726 declarações foram recebidas – cerca de 20% do total. A expectativa é de que 30,5 milhões de contribuintes entreguem a declaração de Imposto de Renda. O prazo de entrega da declaração termina às 23h59 desta terça-feira (30).

A multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo corresponde a 20% do imposto devido.

As restituições começarão a ser pagas em junho e seguem até dezembro para os contribuintes cujas declarações não caíram na malha fina.

Como declarar

Para acertar as contas com o leão, o contribuinte deve baixar o programa gerador do IR. Também pode declarar por meio de “tablets” ou “smartphones”. Nesse caso, deve buscar os aplicativos nas lojas virtuais. A entrega pode ser feita, ainda, na página do próprio Fisco, no formato “online” – com certificado digital.

O contribuinte pode importar dados de 2018 para facilitar a declaração, o que deve ser feito logo no início do preenchimento. No caso de a última declaração ter sido retificada, é preciso substituir pelo número do recibo da última retificadora online.

O Receitanet (programa para o envio da declaração) foi incorporado ao programa do IR 2019, não sendo necessária sua instalação em separado. A Receita informa, porém, que o serviço de recepção de declarações não funciona no período entre 1h e 5h da manhã (horário de Brasília).

Saiba mais em: https://g1.globo.com/economia/imposto-de-renda/2019/noticia/2019/04/29/pouco-mais-de-6-milhoes-ainda-nao-declararam-ir-prazo-termina-amanha.ghtml

Fonte: G1

Planalto e Centrão avaliam que PEC da Previdência será votada na Câmara só no 2º semestre

pesar do discurso oficial de otimismo com o calendário, avaliação realista feita dentro do governo é de que a proposta de reforma da Previdência só será votada no plenário da Câmara no início do segundo semestre. Isso porque lideranças do Centrão já avisaram a interlocutores do Palácio do Planalto que não votam o texto antes do recesso parlamentar de julho.

Os partidos do Centrão esperam uma melhora significativa na relação com o Palácio do Planalto. Por isso, a ordem é prolongar ao máximo o número de sessões para a tramitação da reforma da Previdência na comissão especial. Pela regra, a votação pode ocorrer em até 40 sessões.

Esse não é o único impasse. Partidos do chamado Centrão querem excluir já no início dos trabalhos da comissão especial as mudanças na aposentadoria rural e no Benefício de Prestação Continuada (BPC). A avaliação nessas legendas é de que isso é um consenso e que pode ajudar na tramitação a exclusão desses pontos que sofrem uma resistência maior.

No entanto, a equipe econômica do governo federal resiste. Isso porque avalia que a retirada desses pontos, neste momento, não garante uma tramitação rápida. E que outros pontos de resistência poderiam surgir na sequência.

Saiba mais em: https://g1.globo.com/politica/blog/gerson-camarotti/post/2019/04/29/planalto-e-centrao-avaliam-que-pec-da-previdencia-sera-votada-na-camara-so-no-2o-semestre.ghtml

Fonte: G1

Bolsonaro e Maia acertam relação direta, sem interlocutores, para evitar ruídos

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acertaram no final de semana que, a partir de agora, terão uma relação sem intermediários, de contato direto.

Se o presidente da República quiser falar com Maia, não precisa mandar mensagem por ministros. Mandará mensagem direta no celular do presidente da Câmara, e vice-versa.

Uma das avaliações feitas nos bastidores por aliados de ambos é a de que recados enviados por interlocutores abrem margem para interpretações diversas, os tais ruídos de comunicação.

A conversa do final de semana, segundo relatos obtidos pelo blog, foi classificada como “a melhor conversa entre eles”, e, o mais importante: “uma conversa na política”.

Bolsonaro repetiu a Maia que, se a proposta de reforma da Previdência der certo, eles darão certo juntos, e que é preciso diminuir a pobreza no Brasil.

Diferentemente da primeira conversa a sós – no começo do ano –, desta vez não houve nenhum tipo de abordagem sobre o que querem os parlamentares. Isso é tarefa para o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que cuida das demandas dos deputados.

Bolsonaro e Maia ficaram de pensar juntos a melhor forma de relacionamento com a Câmara – se for o que está dado, a reforma será aprovada, mas será preciso o governo compreender a importância dos partidos para garantir celeridade e, também, um texto mais robusto na Casa.

A preocupação de Maia no encontro era afastar qualquer ideia de que estaria pleiteando cargos para deputados. De novo, isso é assunto para Onyx. Entre Maia e Bolsonaro, a conversa será outra e, conforme combinado, direta e reta.

Saiba mais em: https://g1.globo.com/politica/blog/andreia-sadi/post/2019/04/29/bolsonaro-e-maia-acertam-relacao-direta-sem-interlocutores-para-evitar-ruidos.ghtml

Fonte: G1

Eduardo Baptista admite grande frustração com empate do Vila na estreia: “Sentimento de derrota”

O técnico Eduardo Batista não escondeu a frustração com o resultado do jogo contra o Paraná, neste sábado. O comandante colorado admitiu que o 1 a 1 teve gosto amargo, pois o Tigre deixou escapar uma vitória importante em casa logo na estreia da Série B. Ele ainda lamentou o desgaste físico na etapa final, sobretudo dos homens de meio-campo: Ramon, Neto Moura e Alan Mineiro.

– Vejo com sentimento de derrota. Fizemos um grande primeiro tempo, consistente. Voltamos para o segundo tempo jogando também, mas era normal que o Paraná criasse mais. As substituições foram forçadas. Os atletas pediram para sair. Desgaste muito grande. Precisamos mexer para tentar organizar. Foi um empate ruim.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/vila-nova/noticia/eduardo-baptista-admite-grande-frustracao-com-empate-do-vila-na-estreia-sentimento-de-derrota.ghtml

Fonte: G1 Goiás

Sem acordo para renovar, Madson deixará o elenco do Atlético-GO

O gol feito na vitória por 3 a 0 sobre o Goiás, no jogo de ida da final do Campeonato Goiano, não foi suficiente para convencer o Atlético-GO a renovar com Madson. Sem acordo para continuar no clube, o jogador deixará o elenco rubro-negro ao término deste mês.

Madson tem contrato apenas até o dia de 30 abril e não está nos planos da diretoria para a Série B. O jovem de 19 anos chegou o Dragão no início da temporada, disputou 12 partidas e balançou as redes apenas uma vez – contra o rival esmeraldino.

– Conversamos com o clube, mas não chegamos a um entendimento com a diretoria do Atlético-GO para a permanência do Madson. Já abrimos conversas com outros clubes, de Série A e Série B, e nos próximos dias devemos ter algo – afirmou o empresário Régis Marques.

Madson surgiu no Joinville, mas pertence ao Coimbra-MG. O vínculo do atleta com o clube vai até 2022. Ele estava emprestado ao Atlético-GO e se despede tendo conquistado o título do Goianão.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/atletico-go/noticia/sem-acordo-para-renovar-madson-deixara-o-elenco-do-atletico-go.ghtml

Fonte: G1 Esportes

PF faz busca na sede do PSL em Minas em operação que investiga candidaturas-laranja

A Polícia Federal fez buscas na manhã desta segunda-feira (29) na sede do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, em Minas Gerais, na investigação sobre supostas candidaturas-laranja durante a eleição de 2018. À época, o diretório era presidido pelo atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, mas ele não é alvo direto da operação. Sete mandados foram cumpridos na capital mineira e mais quatro cidades.

A reportagem tenta contato com a sede do partido, na Região Centro-Sul da capital mineira, mas nenhum representante foi encontrado até as 9h.

G1 fez contato com o Ministério do Turismo e aguarda retorno. Até esta publicação, a assessoria de Marcelo Álvaro Antônio não foi localizada.

Saiba mais em: https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2019/04/29/operacao-que-apura-supostas-candidaturas-laranjas-cumpre-mandado-na-sede-do-psl-em-bh.ghtml

Fonte: Globo

Claudinei vê estratégia eficiente do Goiás contra o Flu e comemora recomeço no clube com vitória

A estratégia do Goiás na vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense foi nítida: dar a bola e jogar no erro do adversário. Sinal da mudança de filosofia com a chegada de Claudinei Oliveira. A proposta deu certo em um jogo marcado pelo VAR e no qual o comandante esmeraldino pôde reestrear no Verdão com o pé direito.

– Tínhamos uma proposta clara de jogo, vocês acompanharam nos treinos. Queríamos uma equipe muito bem organizada em campo. Tivemos certa dificuldade no início da partida, mas nossa proposta foi acertada – ressaltou Claudinei, que ainda completou:

– Uma coisa que eu projetava na carreira era voltar ao Goiás para escrever uma história mais bonita do que aquela. Nem sempre vamos ter mais posse de bola, mas vamos tentar vencer.

Em 2014, Claudinei foi demitido após perder o Campeonato Goiano para o rival Atlético-GO. Agora ele retornou com a missão de manter o clube na Série A e vibrou com o bom resultado no primeiro jogo.

– Resultado importantíssimo, pois só dois visitantes venceram na rodada: nós e o Santos. Mas será um jogo dificílimo contra o São Paulo (quarta-feira). Se algum jogador não tiver condições, vamos trocar. Não vou colocar jogador para machucar e ficar dois meses parado – avisou.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/goias/noticia/claudinei-ve-proposta-eficiente-do-goias-contra-o-flu-e-comemora-recomeco-com-vitoria.ghtml

Fonte: G1 Esportes

Vasco encaminha empréstimo do goleiro Sidão, do Goiás

O Vasco está próximo de acertar a contratação do goleiro Sidão, do Goiás. Aos 36 anos, o reforço chegará ao Rio de Janeiro para assinar contrato de empréstimo até o fim do ano. Ele disputará posição com Fernando Miguel, que virou o titular depois da saída de Martín Silva, no fim do ano passado. A informação foi revelada pelo Lance! e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Sidão estava fora dos planos do Goiás e sequer foi relacionado para o jogo contra o Fluminense, neste domingo, no Maracanã. Na atual temporada, o goleiro já disputou 19 jogos e sofreu 15 gols. Fernando Miguel, titular do Vasco, jogou 23 vezes e levou 18 gols.

Em 2018, Sidão defendeu o São Paulo e disputou 46 partidas. No ano anterior, também pelo Tricolor, foram 25 jogos. O goleiro voltará, pelo Vasco, a atuar no Rio de Janeiro, onde já defendeu as cores do Botafogo e se destacou.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/vasco/noticia/vasco-encaminha-emprestimo-do-goleiro-sidao-do-goias.ghtml

Fonte G1 Esportes

Substituto de Sidão no Goiás, Tadeu exalta estreia com vitória e pênalti defendido no Maracanã

Estreia com direito a vitória e pênalti defendido. Se a missão de Tadeu era fazer a torcida do Goiás esquecer Sidão, o goleiro foi extremamente eficiente. Além disso, ajudou o time esmeraldino a segurar o ataque do Fluminense e sair do Maracanã com 1 a 0 na estreia da Série A.

Na saída de campo, o camisa 23 exaltou a luta da equipe e a felicidade de Vaz na cobrança de falta que definiu a partida. Para Tadeu, vencer o Fluminense fora de casa foi um ótimo começo para o Verdão.

– Deus é justo. Infelizmente, faltou um pouco de fair play por parte do Flumineinse. Mas Deus é fiel e fomos coroados com o gol do Vaz, muito feliz na cobrança. Temos que exaltar o grupo todo pela entrega. Difícil jogar aqui, estrear contra uma equipe tão qualificada, como a do Fluminense. Além de guerreiros, fomos felizes na nossa tática, na escolha de jogo. Muito feliz pela vitória – ressaltou.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/goias/noticia/tadeu-exalta-estreia-pelo-goias-com-vitoria-e-penalti-defendido-no-maracana-muito-feliz.ghtml

Fonte: G1 Esportes

Após empate amargo, Alan Mineiro alerta Vila: “Não podemos repetir erros dos últimos anos”

Bastou uma rodada da Série B para Alan Mineiro já alertar o Vila Nova sobre tropeços em casa. Após empate amargo contra o Paraná na noite de sábado, o meia relembrou vacilos do Tigre nas edições de 2017 e 2018 e cobrou mais atenção.

– Fizemos um pacto entre nós que os jogos em casa nós teríamos que vencer, pois, em um campeonato tão disputado como a Série B, esses pontos perdidos podem fazer falta no final, como já aconteceu antes. Não podemos cometer os mesmos erros dos últimos dois anos.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/vila-nova/noticia/apos-empate-amargo-alan-mineiro-alerta-vila-nao-podemos-repetir-erros-dos-ultimos-anos.ghtml

Fonte: G1 Esportes