Cristiano Ronaldo celebra boa recepção na Juventus: “Viram que não sou um charlatão”

A primeira temporada de Cristiano Ronaldo na Juventus pode não ter sido tão vitoriosa quanto as anteriores, mas parece ter agradado bastante ao craque. Em entrevista à revista “Icon”, do jornal “El País”, o camisa 7 celebrou a boa recepção que teve na Velha Senhora, alegando que não se preocupou com a adaptação, apenas se preocupando em ser o que é.

– A primeira coisa que faço é ser eu mesmo, não ser além. Minha ética de trabalho é sempre a mesma. Se um dono de uma empresa chega e começa a gritar com todo mundo, as pessoas não o verão como um líder. Dirão: “Este é meu chefe, mas não me trata bem”. Deve-se ser humilde, aprender que não se sabe tudo. Se está pronto, capta coisinhas que te fazem melhorar como atleta.

“Na Juventus, me adaptei perfeitamente. Viram que não sou um charlatão. É Cristiano, e é porque se cuida. Uma coisa é falar, outra é fazer. Por que ganhei cinco Bolas de Ouro e cinco Champions?”, disse CR7.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/cristiano-ronaldo-celebra-boa-recepcao-na-juventus-viram-que-nao-sou-um-charlatao.ghtml

Errata: Gonzalo Carneiro, do São Paulo, não fez exame de contraprova de doping

Gonzalo Carneiro, do São Paulo, não fez o exame de contraprova, ao contrário do que o GloboEsporte.compublicou na última quarta-feira, às 19h18.

pedido foi feito, mas o procedimento ainda não foi realizado. Gonzalo Carneiro está suspenso preventivamente pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD).

No site da entidade, a suspensão do atacante é justificada pela presença de uma substância proibida, de nome “benzoylecgonine”, derivada da cocaína.

Gonzalo Carneiro foi pego em exame antidoping após um jogo contra o Palmeiras no Pacaembu, na primeira fase do Paulistão, no dia 16 de março – ele jogou os 90 minutos, e o Tricolor perdeu por 1 a 0.

Saiba mais em:https://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/errata-gonzalo-carneiro-do-sao-paulo-nao-fez-exame-de-contraprova-de-doping.ghtml

Sob pressão, Abel balança no Flamengo às vésperas de jogo decisivo pela Libertadores

Atuações nada convincentes, resignação em posicionamentos e pressão crescente da torcida. Esses são só alguns dos fatores que têm minado o futuro de Abel Braga no Flamengo. Faltando menos de uma semana para o confronto decisivo contra o Peñarol pela Libertadores – quarta-feira, em Montevidéu -, a diretoria avalia prós e contras de uma mudança imediata no comando técnico.

Além dos resultados que respaldavam o treinador há uma semana, o futebol abaixo da média apresentado ao longo de quatro meses de trabalho pesa na avaliação, bem como o comportamento de Abel.

A entrevista coletiva após a derrota para o Inter gerou insatisfação externa e internamente.

Mais do que o conformismo pelo revés em Porto Alegre, dirigentes ficaram incomodados com a declaração de que o Beira-Rio é um estádio melhor que o Maracanã, recém-assumido pelo Rubro-Negro. Há uma sensação de que Abel e diretoria não falam a mesma língua.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/sob-pressao-abel-balanca-no-flamengo-as-vesperas-de-jogo-decisivo-pela-libertadores.ghtml

Sorteio define confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil

Os 16 clubes classificados às oitavas de final da Copa do Brasil conheceram nesta quinta-feira o próximo rival na luta pelo título. A CBF definiu em sorteio, na sede da entidade, os oito confrontos da próxima fase da competição, além do mando de campo.

Confira os duelos

  • Internacional x Paysandu
  • Corinthians x Flamengo
  • Atlético-MG x Santos
  • Juventude ou Vila Nova x Grêmio
  • Sampaio Corrêa x Palmeiras
  • Fortaleza x Athletico-PR
  • Fluminense x Cruzeiro
  • São Paulo x Bahia

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/rj/futebol/copa-do-brasil/noticia/sorteio-define-confrontos-das-oitavas-de-final-da-copa-do-brasil.ghtml

Moacir desconversa sobre volta ao Vila Nova e afirma que está feliz no Atlético-GO

Destaque do Vila Nova na Série B do ano passado, o volante Moacir, atualmente no Atlético-GO, ainda não se firmou da mesma forma com a camisa rubro-negra. Recentemente ele foi alvo de especulações sobre um possível retorno ao Tigre, porém, Moacir se diz concentrado e feliz no Dragão.

Com a ausência de Washington, que está em tratamento no departamento médico, Moacir começou o Campeonato Brasileiro como titular na última sexta, contra o São Bento, e também deverá estar em campo diante do Coritiba na segunda rodada do Brasileirão.

Nesta quarta, Moacir falou sobre o seu momento no Atlético-GO. Ele afirma que está feliz e que respeita as escolhas do técnico Wagner Lopes.

– Estou feliz desde que cheguei aqui, sou feliz todos os dias. Quem me viu chegar no dia 26 de dezembro viu a alegria que tenho todos os dias. Quando não for assim, eu sairia de qualquer clube. Sei que tenho condições de atuar, mas respeito as escolhas do professor. É uma competição interna saudável. Se estou jogando hoje é porque tenho condições – disse Moacir.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/atletico-go/noticia/moacir-desconversa-sobre-volta-ao-vila-nova-e-afirma-que-esta-feliz-no-atletico-go.ghtml

Claudinei reclama de pênalti para o Goiás e diz que árbitro deveria ao menos ter consultado o VAR

Após derrota de 2 a 1 para o São Paulo, Claudinei Oliveira foi na mesma linha do comentarista de arbitragem Sálvio Spínola e reclamou da não marcação de um pênalti para o Goiás. O lance ocorreu no início do segundo tempo, e o técnico esmeraldino considera que o árbitro Rafael Traci (SC) deveria ao menos ter consultado o VAR para tomar a decisão.

– Ainda não consegui ver o lance em vídeo. O sinal (de internet) no vestiário (do Serra Dourada) não é muito bom. Mas todos com quem falei após o jogo confirmaram que foi pênalti. Parece que o Sálvio também faltou. Situação de pênalti ou não pênalti precisa ser olhada. Se houve dúvida, não custa nada ao árbitro olhar o monitor (do VAR) – se queixou o comandante do Verdão.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/goias/noticia/claudinei-reclama-de-penalti-para-o-goias-e-diz-que-arbitro-deveria-ao-menos-ter-consultado-o-var.ghtml

Vila Nova acerta empréstimo do meia-atacante Richard, do Internacional

O meia-atacante Richard, de 19 anos, jogará a Série B pelo Vila Nova. Ele pertence ao Internacional, onde se destacou nas categorias de base, e será emprestado ao Tigrão até o fim da temporada.

Richard deverá ser anunciado oficialmente pelo time goiano na próxima semana, mas o técnico Eduardo Baptista, que indicou o jogador, já falou sobre o atleta nesta quinta-feira.

O próximo jogo do Vila Nova será sábado, fora de casa, contra o Vitória, pela segunda rodada da Série B. O atacante Gustavo Mosquito, emprestado pelo Corinthians, já está integrado ao elenco.

Na próxima terça, em Goiânia, o Tigrão decidirá vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil contra o Juventude, no Serra Dourada.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/noticia/vila-nova-acerta-emprestimo-do-meia-atacante-richard-do-internacional.ghtml

Xodó esmeraldino, Michael convive com as primeiras vaias e vive situação inédita no Goiás

Sensação do Goiás no início da temporada, o atacante Michael vive uma situação inédita com a camisa esmeraldina. Após a queda de rendimento na reta final do Campeonato Goiano, o jogador de 23 anos, que disputa a Série A pela primeira vez na carreira, também não começou bem no Brasileiro.

O reflexo disso apareceu logo no primeiro jogo do Verdão como mandante na competição nacional. Parte da torcida do Goiás vaiou Michael no segundo tempo contra o São Paulo, na última quarta-feira, no Serra Dourada.

Questionado sobre o desempenho do atleta, o técnico Claudinei Oliveira ressaltou a velocidade de Michael e também as dificuldades para tomar a decisão correta em alguns lances. Segundo o treinador, a torcida precisa ter paciência. Entretanto, Claudinei não descarta uma possível saída do atacante para o duelo de domingo, fora de casa, contra o Cruzeiro.

– Michael é um jogador muito rápido. Em alguns momentos, esse tipo de jogador tem dificuldade para tomar decisão do que em lances mais lentos. O torcedor tem que ter paciência. Ele fez um bom jogo, criou boas situações, errou também. Vamos conversar com ele. Dependendo do jogo, pode ser que um outro atleta seja mais interessante por ficar mais com a bola – comentou Claudinei.

Saiba mais em:https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/goias/noticia/xodo-esmeraldino-michael-convive-com-as-primeiras-vaias-e-vive-situacao-inedita-no-goias.ghtml