Todos os posts de luizidebook

É tempo de caminhar sem medo de se perder.

Hacker diz que Manuela D’Ávila foi contato entre ele e The Intercept

Um dos presos sob suspeita de ter hackeado telefones celulares de autoridades, Walter Delgatti Neto, conhecido como Vermelho, disse em depoimento à Polícia Federal que fez contato com o jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil, por meio da ex-deputada federal Manuela D’Ávila (PCdoB-RS).

Em nota, Manuela disse que, em maio, seu aplicativo Telegram foi invadido e confirmou que repassou ao “invasor” do seu celular o contato de Greenwald.

Delgatti Neto prestou depoimento à PF na terça-feira passada. O conteúdo foi revelado nesta sexta-feira, 26, pela GloboNews.

O The Intercept Brasil tem divulgado desde 9 de junho mensagens trocadas entre o ministro da Justiça e Segurança Pública e ex-juiz, Sérgio Moro, com procuradores da Operação Lava Jato. O Estado revelou nesta quinta-feira, 25, que Delgatti Neto disse no depoimento ter dado a Greenwald acesso às informações capturadas do Telegram.

Além de Delgatti Neto, outras três pessoas – Gustavo Henrique Elias Santos, Suellen Priscila de Oliveira e Danilo Cristiano Marques – suspeitas de hackear telefones celulares de autoridades foram presas na Operação Spoofing, da PF. Nesta sexta, o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10.ª Vara Federal de Brasília, prorrogou por mais cinco dias a prisão temporária dos quatro suspeitos.

No depoimento, Delgatti Neto detalhou o caminho para chegar aos dados de autoridades. Declarou que não editou o conteúdo das contas de Telegram a que teve acesso e que compartilhou as informações com o The Intercept de forma não remunerada. Ele disse ainda que resolveu procurar Greenwald “por saber de sua atuação nas reportagens relacionadas ao vazamento de informações do governo dos Estados Unidos, conhecido como caso Snowden”.

Saiba mais: https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/hacker-relata-caminho-ate-celulares-da-lava-jato-e-diz-que-nao-recebeu-para-fornecer-mensagens/



Bolsonaro encerra entrevista e chama de ‘idiota’ pergunta feita por repórter em Goiânia

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) encerrou uma entrevista coletiva em Goiânia (GO) nesta sexta-feira (26) após ser questionado sobre o helicóptero da Presidência que foi usado para transportar parentes dele até o casamento do filho, Eduardo, no dia 25 de maio deste ano.

O caso foi revelado pelo G1 em reportagem publicada também nesta sexta. Um sobrinho do presidente divulgou em sua página de uma rede social um vídeo em que ele e outras pessoas – todas com roupa de festa – embarcam em um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB).

O assunto foi retomado na entrevista coletiva desta sexta, após Bolsonaro participar de uma festa pelos 161 anos da Polícia Militar de Goiás. A pergunta foi a primeira feita pelos repórteres: “Presidente, Boa Noite! Parentes do senhor viajaram num avião…”

Ele interrompe a pergunta e diz: “Peraí… Dá licença estou num evento militar, tem familiares meus aqui, eu prefiro vê-los do que responder a uma pergunta idiota pra você. Tá respondido? Passa para outra. Outra pergunta por favor. Vamos falar de Brasil e de Goiás. Já sei qual é tua pergunta”.

Um outro repórter que acompanhava a coletiva insistiu na pergunta. “Não estou entendendo por que o senhor não gostaria de responder sobre esse assunto?”.

Bolsonaro responde: “Outra pergunta. Mais nada? Obrigado.”

Saiba mais em: https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2019/07/26/bolsonaro-participa-de-aniversario-da-pm-de-goias-e-formatura-de-sobrinho-como-policial.ghtml

Procurador Eduardo El Hage diz que praticamente todas as investigações de lavagem de dinheiro no Brasil podem ser paralisadas.

O coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Rio, Eduardo El Hage, criticou a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, que suspendeu todas as investigações em curso no país que tenham como base dados sigilosos compartilhados pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e pela Receita Federal sem autorização prévia da Justiça.

A decisão de Toffoli acolhe pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL) e foi publicada na última segunda-feira (15), mas divulgada apenas nesta terça (16). Horas depois, o chefe da Lava Jato fluminense se pronunciou.

“A decisão monocrática do Presidente do STF suspenderá praticamente todas as investigações de lavagem de dinheiro no Brasil”, escreveu El Hage.

Saiba mais em: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/07/16/coordenador-da-lava-jato-do-rj-diz-que-decisao-de-toffoli-sobre-coaf-e-retrocesso-sem-tamanho.ghtml

Flamengo goleia por 6 a 1 o Goiás no Maracanã

O Flamengo fez uma pressão intensa todo o tempo. Logo aos cinco minutos, marcou o primeiro gol, com Arrascaeta. No entanto, depois de uma falha de Rodrigo Caio, Kayke empatou. O jogo ficou tenso, e Michael quase virou o jogo com uma bola na trave. Mas, a partir dos 43 minutos, uma avalanche começou. Bruno Henrique e Arrascaeta, duas vezes, marcaram em um intervalo de seis minutos para deixar o time com uma vantagem de 4 a 1.

O que vem pela frente?

O Flamengo, agora, volta suas atenções para a Copa do Brasil. Quarta-feira, o time recebe o Athletico-PR no Maracanã. No jogo de ida das quartas de final, houve empate em 1 a 1. O Goiás joga novamente pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo contra o Avaí, na Ressacada.

É recorde! Marta supera Klose e se torna a maior artilheira em Copas do Mundo

A melhor jogadora de todos os tempos alcançou mais um recorde. Era questão de tempo, mas com o gol marcado sobre a Itália, nesta terça-feira, em ValenciennesMarta superou Miroslav Klose e se tornou a maior artilheira em Copa do Mundo com 17 golsNa partida anterior, diante da Austrália, a craque havia igualado a marca do alemão.

Marta também já havia alcançado outro recorde na partida de semana passada. Na ocasião, a camisa 10 da seleção brasileira se tornou a primeira a balançar as redes em cinco edições diferentes do torneio. Sua primeira Copa do Mundo foi em 2003, com 17 anos, depois, disputou as edições de 2007, 2011 e 2015.

– A gente está quebrando muitas barreiras. Esse recorde representa bastante. Pois não é só a Marta, mas é um recorde das mulheres. Muitos dizem ainda que futebol é para os homens, mas este recorde é tanto do futebol masculino quanto do feminino – afirmou Marta após a partida e depois emendou:

– Será que ele (Klose) vai voltar atrás e querer jogar a próxima Copa (risos)?

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo-feminina/noticia/e-recorde-marta-supera-klose-e-se-torna-a-maior-artilheira-em-copas-do-mundo.ghtml

Jogadoras chamam responsabilidade, e Brasil tem decisão com Itália no Mundial

Na Copa do Mundo não há muito tempo para lamentar. A virada sofrida para a Austrália na quinta-feira passada teve que ficar para trás a toque de caixa. E os últimos quatro dias foram muito além dos treinamentos. As atletas mais experientes voltaram a chamar a responsabilidade. Confirmada entre as titulares, mas não garantida no jogo todo, Marta buscou manter o ambiente mais leve com seu cavaquinho. A comissão técnica e as jogadoras da seleção brasileira sabem do peso do jogo desta terça-feira contra a Itália, duelo que encerra a fase de classificação – TV Globo, GloboEsporte.com e SporTV transmitem a partida às 16h (de Brasília).

A má notícia de última hora é o desfalque da atacante Andressa Alves. Sofreu uma lesão na coxa no treino da véspera do jogo, foi examinada na manhã desta terça e postou que não tem mais condições de disputar a Copa. Abalo para a seleção, mas nada que diminua o ímpeto rumo às oitavas de final. Basta um empate, mas a classificação pode sair até com derrota.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo-feminina/noticia/jogadoras-chamam-responsabilidade-e-brasil-tem-decisao-com-italia-no-mundial.ghtml

Governo anuncia Plano Safra com R$ 225 bilhões para pequenos, médios e grandes produtores

O governo anunciou nesta terça-feira (18), durante cerimônia no Palácio do Planalto, a liberação de R$ 225,59 bilhões em financiamentos por meio do Plano Safra 2019/2020 para os pequenos, médios e grandes produtores.

O valor é pouco acima dos R$ 225,3 bilhões anunciados na safra passada. A liberação dos recursos do plano agrícola começará em julho e seguirá até junho do ano que vem.

O valor total do plano deste ano será distribuído da seguinte maneira:

  • R$ 169,33 bilhões para o custeio, comercialização e industrialização;
  • R$ 53,41 bilhões para investimentos;
  • R$ 1 bilhão para seguro rural;
  • R$ 1,85 bilhão para apoio à comercialização.

O Ministério da Agricultura informou que as taxas de juros, para custeio, comercialização e industrialização, serão de:

  • 3% e 4,6% ao ano para pequenos produtores, participantes do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).
  • 6% ao ano para os médios produtores;
  • 8% para os grandes produtores.

Nas linhas destinadas a investimentos, os juros cobrados variarão de 3% a 10,5% ao ano.

Saiba mais em: https://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2019/06/18/governo-anuncia-r-225-bilhoes-em-credito-para-pequenos-medios-e-grandes-produtores.ghtml

Maia diz que saída de Levy e de diretor do BNDES é ‘covardia sem precedentes’

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na manhã desta segunda-feira (17) que a saída de Joaquim Levy da presidência do BNDES e do advogado Marcos Barbosa Pinto da diretoria de Mercado de Capitais do banco é “uma covardia sem precedentes”.

Levy pediu demissão neste domingo (16), um dia após o presidente Jair Bolsonaro ter dito em entrevista coletiva que ele estava com a “cabeça a prêmio”. Bolsonaro cobrava de Levy a demissão de Marcos Pinto, que renunciou no sábado após a fala do presidente.

“Uma pena o Brasil ter perdido dois nomes como os do advogado e do Levy. Acho uma covardia sem precedentes”, disse Maia.

“Levy veio de Washington [onde ocupava cargo de diretor do Banco Mundial] para trabalhar no governo. Está errado [sair assim], não pode tratar as pessoas deste jeito. Se é para demitir, chama e demite. Ninguém é obrigado a ficar com um servidor de confiança se deixou de ser de confiança. Agora, tratar da qualidade dos dois desta forma, eu achei muito ruim”, disse Maia.

Em evento promovido pela BandNews, Maia afirmou que, com a saída de Levy da presidência do BNDES, cabe ao ministro da Economia, Paulo Guedes, controlar a situação. “Quem tem que segurar firme é quem nomeou, e foi o ministro”, disse Maia.

Saiba mais em: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2019/06/17/maia-diz-que-saidas-de-levy-e-advogado-do-bndes-sao-uma-covardia-sem-precedentes.ghtml

Gabriel Diniz, cantor de ‘Jenifer’, morre aos 28 anos em queda de avião em Sergipe

O cantor Gabriel Diniz, conhecido pelo hit “Jenifer”, morreu nesta segunda-feira (27), aos 28 anos, na queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe.

De acordo com a Polícia Militar, há três mortos. Inicialmente, o Grupamento Tático Aéreo (GTA) havia informado que eram quatro ocupantes na aeronave, que decolou de Salvador.

Amigos de Gabriel Diniz reconheceram o corpo do artista entre as vítimas. A assessoria de imprensa da produtora do artista confirmou que ele estava no avião. Também foi encontrado o passaporte do cantor perto do local do acidente. Na noite deste domingo (26), ele havia feito um show em Feira de Santana (BA).

Saiba mais em: https://g1.globo.com/se/sergipe/noticia/2019/05/27/corpo-de-bombeiros-e-acionado-para-atender-acidente-envolvendo-queda-de-bimotor.ghtml

Três são presas suspeitas de ajudar presidiário que se finge de parente para aplicar golpes por telefone, em Aparecida de Goiânia

Três mulheres foram presas nesta terça-feira (21) suspeitas de participar de um grupo que aplica golpes por telefone, em Aparecida de Goiânia. De acordo com a Polícia Civil, um presidiário faz ligações e finge ser sobrinho da pessoa que atende. Depois, pede dinheiro para pagar o suposto conserto de um carro. O G1não conseguiu localizar as defesas delas.

O golpe é chamado pela polícia de “Bença, tia”. Segundo as investigações, uma das presas — Luciene da Silva Campos — foi flagrada dentro de uma agência bancária tentando fazer um saque. Com ela foram encontrados R$ 1,3 mil em espécie, além de vários cartões de contas bancárias de outras pessoas.

O detento responsável pelas ligações foi identificado como João Carlos Pereira. Ele cumpre pena no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

A Superintendência de Segurança Penitenciária (Susepe) da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou que por determinação do governo do Estado o problema está sendo coibido com a intensificação dos procedimentos operacionais no âmbito carcerário goiano.

“Ele fazia ligações se passando por sobrinhos ou outros familiares das vítimas. Depois, pedia dinheiro para um suposto conserto de carro”, explica o delegado Divino Batista.

Segundo o delegado, durante os telefonemas, as próprias vítimas revelavam o nome de algum familiar e, a partir daí, o criminoso contava uma história e pedia dinheiro para resolver o problema.

“Os crimes eram cometidos contra pessoas de Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Para as vítimas que moram fora do Estado, ele alegava que iria visitá-las e, no dia seguinte, telefonava pedindo ajuda financeira, alegando que o veículo havia quebrado no caminho”, conta o delegado.

A polícia disse ainda que Luciene da Silva possui passagens por tráfico de drogas e era responsável por aliciar outras pessoas para o esquema. Elas emprestavam suas contas bancárias para que o dinheiro fosse depositado.

Também foram detidas Juliana da Silva Souza, filha de Luciene, e Maria Isabel Silva Pinto. A Polícia Civil conseguiu identificar uma vítima da quadrilha, que mora em Nova Veneza. Essa pessoa, afirma a corporação, chegou a depositar R$ 4,5 mil para o grupo.

Na casa de Luciene e Juliana, em Hidrolândia, os policiais encontraram porções de maconha e cocaína prontas para serem vendidas, além de uma balança de precisão e uma munição calibre 180.

Vanessa Chaves é integrante do programa de estágio entre TV Anhanguera e Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), sob orientação de Elisângela Nascimento.

Veja mais em:https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2019/05/22/tres-sao-presas-suspeitas-de-ajudar-presidiario-que-se-finge-de-parente-para-aplicar-golpes-por-telefone-em-aparecida-de-goiania.ghtml