Todos os posts de Pedro H. de Oliveira

Renato diz que não teme duelo com grande nas oitavas: “Ninguém quer pegar o Grêmio”

Após um início ruim na Libertadores, o Grêmio conseguiu dar a volta por cima e garantir a classificação às oitavas de final da Libertadores graças a três vitórias consecutivas, a última nesta quarta-feira contra a Universidad Católica, na Arena. Embora o clube gaúcho tenha convivido com momento de desconfiança, o técnico Renato Gaúcho jamais perdeu a convicção. Pelo contrário, bancou desde sempre a classificação.

O Tricolor encerrou a fase de grupos na segunda colocação, atrás do Libertad. E agora vai encarar um dos primeiros colocados nas oitavas (veja os possíveis adversários abaixo). Questionado sobre qual rival preferia enfrentar, Renato disse que respeita todos, mas ao mesmo tempo ponderou que ninguém quer “pegar o Grêmio”.

– Eu acho que ninguém quer pegar o Grêmio. Respeitamos todos, mas pergunta quem ficou em primeiro, se querem pegar o Grêmio. Respeitamos, mas não tememos ninguém. Se vier um grande, tenha certeza que há um grande aqui do outro lado. O Grêmio ganhou em 2017 e quase sempre chega. Sei que meu grupo está preparado para qualquer adversário – disse o técnico.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/rs/futebol/times/gremio/noticia/renato-diz-que-nao-teme-duelo-com-grande-nas-oitavas-ninguem-quer-pegar-o-gremio.ghtml

Medalhistas no Rio, goianas treinam de olho na Paralimpíada de Tóquio

Medalhistas na Rio 2016, as atletas goianas Adria de Jesus, Jani Freitas, Pâmela Pereira e Nurya de Almeida treinam de olho em uma vaga nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, no ano que vem. Elas são destaques na modalidade vôlei sentado e têm larga experiência na modalidade.

Nos Jogos de Londres, em 2012, o Brasil já havia ficado com a quinta colocação com as presenças de Adria e Jani. O feito foi ampliado com a medalha de bronze no Rio de Janeiro há três anos.

Na busca por mais uma vaga olímpica, além dos treinos diários na quadra e na academia as atletas também contam com a medicina esportiva. Nesta semana, em Goiânia, elas vão realizar avaliações para identificar possíveis desequilíbrios musculares.

De acordo com o técnico José Guedes, o acompanhamento é importante e serve como prevenção na luta contra lesões. Além das avaliações feitas na academia Body Tech, as atletas também recebem orientação e acompanhamento nutricional da Liga de Nutrição e Fisiologia do exercício da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/noticia/medalhistas-no-rio-goianas-treinam-de-olho-na-paralimpiada-de-toquio.ghtml

Rafael Santos comenta saída de Saulo e lembra 2018: “Esperei 28 rodadas para jogar”

Titular do Vila Nova e um dos principais jogadores do clube, o goleiro Rafael Santos comentou a saída do companheiro de posição Saulo, que retornou para o Botafogo com apenas uma partida disputada com a camisa colorada.

Rafael lembrou do ano passado, quando ele foi reserva durante grande parte da Série B – o titular era Mateus Pasinato. Segundo Rafael Santos, Saulo fez um grande trabalho no Tigrão, mas a posição de goleiro muitas vezes é delicada pelo fato de apenas um entrar em campo.

– O Saulo é um cara espetacular, vou levar amizade com ele para fora do campo. Quanto a ser titular, no ano passado eu esperei minha vez. Esperei 28 rodadas para jogar com a camisa do Vila Nova, quieto e esperando minha oportunidade.

– O Saulo veio, fez um ótimo trabalho, me ajudou muito fora de campo e pude fazer as partidas que fiz. Infelizmente, só joga um. Ele fez a parte dele e deixou seu legado. Se um dia ele puder voltar, o Vila precisa de pessoas com caráter e qualidade de trabalho como o Saulo tem – comentou Rafael Santos.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/vila-nova/noticia/rafael-santos-comenta-saida-de-saulo-e-lembra-2018-esperei-28-rodadas-para-jogar.ghtml

Classificação dá fôlego para Abel Braga e leva o Flamengo ao mercado por reforços

Passado o sufoco na fase de grupos, é hora de olhar para frente. O Flamengo tem a Libertadores como obsessão e planeja voltar mais forte para as oitavas de final. E, por sua vez, vai ao mercado durante a parada para a Copa América.

O Flamengo planeja qualificar o elenco em posições ainda carentes. A ideia é dar novas peças e mais opções a Abel Braga. O treinador, que esteve na corda bamba na Gávea, ganhou força com a classificação. Sua demissão não é uma opção no momento, embora o clube seja um barril de pólvora e qualquer faísca possa alterar a situação.

– Essa nuvem (dificuldade na Libertadores) tem um peso. Levamos esse peso para os jogos fora contra LDU e Peñarol. Esse peso é ruim e nocivo. Mas o Flamengo é um dos maiores clubes do mundo. E essa cobrança vai sempre acontecer – disse Abel, após a partida.

A ideia é reforçar a defesa e o meio-campo. Rafinha está apalavrado, é aguardado em junho, mas ainda não assinou contrato, embora o acerto seja dado como certo. O clube ainda busca um zagueiro experiente, um segundo volante e avalia a possibilidade de um lateral-esquerdo. Filipe Luís interessa, mas internamente a negociação é considerada muito difícil.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/classificacao-da-folego-para-abel-braga-e-leva-o-flamengo-ao-mercado-por-reforcos.ghtml

Goiás oficializa retorno de Walter, que terá três meses para perder peso

O Goiás oficializou na manhã desta quinta-feira o retorno do atacante Walter, de 29 anos. Esta será a terceira passagem dele pelo time esmeraldino. Na primeira, entre 2012 e 2013, Walter foi um dos grandes destaques do Verdão e também do futebol brasileiro. Em 2016, o jogador retornou à Serrinha, mas não teve o mesmo sucesso.

Inicialmente o contrato de Walter com o Goiás será de três meses. Neste período, o jogador terá de perder peso e cumprir metas estabelecidas pela comissão técnica.

O atacante está suspenso por doping e poderá atuar a partir de julho, depois da pausa do Campeonato Brasileiro para a Copa América. Walter foi flagrado no exame antidoping em novembro do ano passado por uso de furosemida e metabólitos de sibutramina (substâncias utilizadas para perda de peso). Na época, o atleta estava no CSA e disputava a Série B do Brasileiro.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/goias/noticia/goias-oficializa-retorno-de-walter-que-tera-tres-meses-para-perder-peso.ghtml

Jefferson comenta oportunidade na Série A e diferença entre o Estadual e o Brasileiro

O lateral-esquerdo Jefferson vive uma situação diferente em 2019 em relação às temporadas anteriores. Diferente para melhor. Figura conhecida no Campeonato Goiano, Jefferson se acostumou a perder espaço durante as edições do Brasileiro. Curiosamente, com a equipe esmeraldina na Série A o prata da casa de 22 anos se firmou.

Jefferson voltou ao time titular ainda na final do Campeonato Goiano com Maurício Barbieri, demitido depois da derrota para o Atlético-GO. Com a chegada de Claudinei Oliveira, ele ganhou ainda espaço e foi um dos destaques do Goiás nas três primeiras rodadas. Nesta terça, o lateral falou sobre o bom momento.

– Sempre tive chance de começar jogando o Goiano, mas saía na reta final, sem saber por qual motivo, pois sempre comecei bem. Nesse ano fiquei surpreso porque joguei a final, isso me deu força para continuar. Tive essa sequência de três jogos na Série A, fico feliz de estar ajudando o Goiás.

Jefferson também comentou a diferença técnica entre o Estadual e o Brasileiro. Segundo ele, a equipe não pode ter nenhum minuto de desatenção contra as principais equipes do país.

– A diferença é muito grande. No Campeonato Goiano as equipes atuam mais fechadas contra o Goiás. Na Série A é diferente, os times são mais qualificados. Se a gente bobear, perde e toma gol. O Brasileiro é diferente, se ficar desatento um minuto ou dois a gente acaba perdendo.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/goias/noticia/jefferson-comenta-oportunidade-na-serie-a-e-diferenca-entre-o-estadual-e-o-brasileiro.ghtml

Presidente promete “não tapar sol com a peneira” e agir após eliminação do Vila Nova

O presidente do Vila Nova, Ecival Martins, promete agir depois da eliminação colorada na Copa do Brasil diante do Juventude, na última terça-feira, no Serra Dourada. Apesar de o Tigre ter chegado à quarta fase da competição nacional, os números da equipe e do técnico Eduardo Baptista são ruins na temporada.

O Vila Nova se classificou em quinto na primeira fase do Campeonato Goiano e terminou em terceiro na classificação geral após ter eliminado o Crac nas quartas de final e perdido para o Atlético-GO na semifinal.

Na Copa do Brasil, o Vila somou apenas uma vitória em seis jogos: empatou com o Manaus na primeira fase, empatou com a URT e venceu nos pênaltis na segunda fase, depois passou pelo Bragantino-PA com vitória por 2 a 0 e derrota por 2 a 1, e empatou duas vezes com o Juventude antes de perder nos pênaltis.

+ Danilo perde pênalti, é hostilizado pela torcida do Vila, mas se diz “tranquilo”

O técnico Eduardo Baptista, por exemplo, tem apenas três vitórias em 15 partidas no comando da equipe – foram sete empates e cinco derrotas. Em entrevista à Rádio Sagres após a eliminação na última terça, Ecival Martins prometeu tomar medidas necessárias.

– Vamos nos reunir (nesta quarta) com a cabeça mais tranquila e ver o que vai fazer. O fato é que a gente não pode tapar o sol com a peneira e dizer que está tudo certo. Precisamos olhar e identificar com frieza. É ser cirúrgico e identificar onde está o erro. Onde estiver o erro nós vamos agir.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/vila-nova/noticia/presidente-promete-nao-tapar-sol-com-a-peneira-e-agir-apos-eliminacao-do-vila-nova.ghtml

Sem espaço no Vila Nova, Saulo rescinde e volta para o Botafogo

A passagem de Saulo pelo Vila Nova se encerrou nesta quarta-feira. Sem espaço no elenco colorado, o goleiro de 24 anos entrou em acordo com a diretoria para rescindir o vínculo de empréstimo e retornar ao Botafogo, seu clube de origem.

Em pouco mais de quatro meses, Saulo disputou apenas uma partida pelo Vila – a vitória de 2 a 1 sobre a Aparecidense, pelo Campeonato Goiano. Emprestado pelo Botafogo para ter a oportunidade de atuar e ganhar experiência, o goleiro acabou ficando na reserva de Rafael Santos, titular absoluto, e não vinha tendo oportunidades.

Com a saída de Saulo, o técnico Eduardo Baptista fica com três opções para o gol: Rafael Santos, Cleriston e Victor Hugo, formado na base.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/noticia/sem-espaco-no-vila-nova-saulo-rescinde-e-volta-para-o-botafogo.ghtml

Novo titular, Daniel Guedes elogia torcida do Goiás e espera mesmo apoio contra o Ceará

Titular contra o Cruzeiro no último domingo, o lateral-direito Daniel Guedes certamente estará em campo no próximo sábado, quando o Goiás recebe o Ceará, no Serra Dourada. Na primeira partida do Verdão como mandante na Série A, Daniel entrou no segundo tempo e viu de perto a festa da torcida – o público foi de quase 30 mil pagantes.

A festa esmeraldina até surpreendeu o lateral, que espera o mesmo apoio na próxima rodada. Segundo ele, a equipe ganha muito quando a torcida comparece.

– Depois do jogo contra o São Paulo, conversando com alguns amigos, eles ficaram impressionados com a festa que a torcida fez. Alguns amigos que viram pela televisão também falaram. A torcida do Goiás fez algo muito bonito. Deixo o convite para sábado porque foram espetaculares aqui no Serra Dourada. Ficaremos muito felizes se eles puderem repetir essa festa, vai nos ajudar bastante – disse Daniel Guedes nesta quarta.

Emprestado pelo Santos, Daniel Guedes comemora a volta aos gramados. Sem espaço no Peixe, ele havia atuado como titular pela última vez em novembro do ano passado. No Goiás, ele tinha jogado apenas três vezes antes da partida contra o Cruzeiro e não tinha sido titular.

– Fiquei muito feliz. Depois de quase cinco meses sem jogar um jogo completo eu voltei. Senti um pouco de falta de ritmo, sabia que seria natural. Tentei me adaptar o mais rápido possível para não sofrer tanto. Acho que fiz um bom jogo, mas tenho muito a melhorar com a sequência de partidas. Fiquei feliz pela estreia, foi um jogo grande e completo.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/goias/noticia/novo-titular-daniel-guedes-elogia-torcida-do-goias-e-espera-mesmo-apoio-contra-o-ceara.ghtml

Atlético-GO deve ter uma mudança contra o Bragantino na próxima sexta

O Atlético-GO deve ter apenas uma mudança para o jogo de sexta-feira, fora de casa, contra o Bragantino, pela terceira rodada da Série B. Autor de um golaço contra o Coritiba, o lateral-direito Jonathan, com virose, ainda não treinou nesta semana e deve ser vetado.

Sem Jonathan, o titular em Bragança Paulista será Reginaldo. A provável formação rubro-negra tem Kozlinski; Reginaldo, Lucas Rocha, Gilvan e Nicolas; Pedro Bambu, Moacir e Matheus; André Luís, Pedro Raul e Mike.

O Dragão tem quatro pontos e ocupa a quarta posição na Série B do Campeonato Brasileiro. O Bragantino, também com quatro pontos, está em oitavo. Depois de enfrentar o Bragantino, o Atlético-GO jogará na sexta-feira (17), em Goiânia, contra o Criciúma.

Saiba mais em: https://globoesporte.globo.com/go/futebol/times/atletico-go/noticia/atletico-go-deve-ter-uma-mudanca-contra-o-bragantino-na-proxima-sexta.ghtml