Brasil assume meta para reduzir 144 mil toneladas de açúcar até 2022

Dados do ministério da saúde aponta para o alto consumo de açúcar que impacta no aumento de doenças como diabetes, obesidade e  câncer

brasil-acucar-20150314-002

Com o intuito de reduzir 144 mil toneladas de açúcar em produtos até 2022, foi assinado, nesta segunda-feira (26), um acordo entre o Ministério da Saúde e diversas associações do ramo alimentício.

Os principais alimentos que terão corte na quantidade de açúcar são bolos, misturas para bolos, produtos lácteos, achocolatados, bebidas açucaradas e biscoitos recheados.

Os biscoitos recheados e os produtos lácteos são os que sofrerão maior redução: 62% e 53%.

Para o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, a redução dos níveis de açúcar tornarão os alimentos mais saudáveis.

Os brasileiros consomem uma média de 80 gramas de açúcar diariamente. Esse valor corresponde a 18 colheres de chá. Do total de açúcar ingerido, 64% é adicionado ao alimento pelo próprio consumidor.

Segundo dados do ministério da saúde, o alto consumo de açúcar já impacta no aumento de doenças como diabetes, obesidade e  câncer.

As metas serão monitoradas a cada dois anos pela Anvisa – a Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Esse protocolo seguirá o mesmo padrão do feito para reduzir a quantidade de sódio em alimentos processados, que reduziu mais de 17 mil toneladas dessa substância em quatro anos.

fonte: ebc.com.br

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: