Arquivo da categoria: Polícia

OPERAÇÃO CAPITU: VICE-GOVERNADOR DE MINAS E JOESLEY BASTISTA SÃO PRESOS PELA POLÍCIA FEDERAL

O empresário Joesley Batista, o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade (MDB) e mais quarto pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira, 9, em uma operação da Polícia Federal que investiga suposto esquema de corrupção no Ministério da Agricultura durante o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). Ao todo, foram 63 mandados de busca e 19 de prisão no Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba e Mato Grosso, um deles contra o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (MDB), que está preso no Paraná.

A Operação Capitu visa combater uma suposta fraude envolvendo doações irregulares por parte de empresa de processamento de proteína animal para diversos políticos e partidos. De acordo com a Receita Federal, duas grandes redes varejistas do Estado de Minas Gerais, por meio de seus controladores e diretores, participaram diretamente do esquema.

As investigações chegaram ainda a um esquema de pagamento de vantagens indevidas a altos dirigentes do Ministério da Agricultura, com a produção de legislação e atos normativos que beneficiavam uma grande empresa no ramo alimentício. As irregularidades podem configurar diversos crimes, como: constituição e participação em organização criminosa, obstrução de justiça, falsificação de documentos, crime contra a ordem tributária, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

Estima-se que as propinas pagas aos agentes públicos e políticos sejam mais de R$ 22 milhões. O aprofundamento das investigações teve como base as delações premiadas de alguns dos investigados.

Foto: Willian Moreira/Futura Press

 

FAMÍLIA SERÁ INDICIADA POR MORTE DE EX JOGADOR DO SÃO PAULO

O casal Edison e Cristiana Brittes, além da filha, Allana, serão indiciados por homicídio qualificado e coação de testemunhas pela morte do jogador Daniel, ex-São Paulo, assassinado há mais de uma semana, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

Segundo o delegado, Amadeu Trevisan, não existe “discrepância entre o que Edison e a família falaram sobre a morte do jogador”. Ainda de acordo com o responsável pela investigação, nenhuma das testemunhas relatou ter ouvido os gritos de Cristiana, como foi relatado pela família Brittes, mas sim os berros do jogador enquanto era espancado.

Em relato, o empresário disse que foi levado ao crime pela emoção do momento, mas o delegado quer saber mais detalhes. Outras três pessoas, que ainda serão ouvidas, também podem ser indiciadas.

danielcorrea
Foto: Daniel Côrrea, ex-jogador do São Paulo.

ALEXANDRE NARDONI PODE PASSAR AO REGIME SEMIABERTO

Alexandre Alves Nardoni, condenado a 30 anos e 2 meses de prisão pela morte da filha Isabella, está apto a progredir para o regime semiaberto, segundo exame criminológico.

Preso desde 2008 na Penitenciária de Tremembé, interior de São Paulo, o detento apontou “ótimo comportamento”. O laudo, favorável à concessão do benefício, expedido no dia 24 de outubro, ainda constatou que Nardoni é “capaz de criar vínculos afetivos”. O documento é assinado por dois diretores da unidade, assistente social, psicóloga e psiquiatra.

Com esse parecer, Nardoni pode ter o direito a saídas temporárias para visitar a família e trabalhar ou estudar fora do presídio. O Ministério Público, por meio do promotor Luiz Marcelo Negrini, acredita que o preso ainda precisa ser submetido ao teste de Rorschach, também conhecido como “teste do borrão de tinta”. A decisão, no entanto, precisa ser autorizada pela 1° Vara de Execuções Criminais, onde tramita o processo.

A defesa de Nardoni entrou com o pedido de progressão em setembro, depois de avaliar que o acusado cumpriu o tempo de dois quintos da pena previsto em lei para mudar de regime.

RELEMBRANDO

Isabella Nardoni tinha cinco anos de idade, quando foi jogada do sexto andar de um edifício na zona norte da capital paulista. A madrasta, Anna Carolina Jatobá, também foi condenada. Mesmo na cadeia, o casal ainda mantém o relacionamento.

1959519_1383665528576509_1311232907_n
FOTO: (Reprodução/Facebook)

ROTAM DESARTICULA QUADRILHA DE TRÁFICO DE DROGAS

A Polícia Militar, por meio das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), desarticulou nesta segunda-feira, 05, uma associação criminosa especializada em tráfico de drogas que atuava em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da Capital.

Vinicius do Vale Rocha, vulgo “Vini”, líder da organização, foi preso no município de Senador Canedo. O acusado é foragido do sistema prisional e possui passagem pelos crimes de Homicídio, Tráfico de Drogas, Associação para o Tráfico, Roubo, Porte de Arma de Uso Restrito, Adulteração de Sinal de Veículo Automotor e Desobediência.

Durante as diligências, foi localizado no Jardim Helvécia, em Aparecida de Goiânia, um laboratório de produção e refino de cocaína. No local foi preso Fernando Vieira Gomes dos Santos, cunhado de “Vini“. Ele tinha participação direta na venda da droga produzida.

Foram apreendidos: uma espingarda calibre GAUGE 12, uma pistola 9mm com kit rajada, 12 kg de pasta base de cocaína, insumos para refino de droga, maquinário para produção de droga e dois veículos utilizados no tráfico de drogas.

 

WhatsApp Image 2018-11-05 at 13.37.34
FOTO: Rotam Comando