Chapada dos Veadeiros deve receber R$ 14 milhões de inciativa privada

Consórcio tem como objetivo melhorar a infraestrutura do parque, com área de alimentação e transporte interno. Porém haverá cobrança de ingresso

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, localizado entre os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e Colinas do Sul, deve receber R$ 14 milhões de inciativa privada. O contrato de prestação de serviços foi assinado nesta terça-feira (18) pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o consórcio entre as empresas Parquetur Participações S.A e Socicam Terminais Rodoviários e Representações.

Segundo o chefe do parque, Fernando Tatagiba, o consórcio foi o vencedor do certame e tem como objetivo melhorar a infraestrutura do parque, com área de alimentação, loja de conveniência, espaço de campismo e transporte interno administrados pela iniciativa privada. De acordo com o edital de concessão, o contrato tem duração de 20 anos. “Nós teremos um parceiro para melhorar ainda mais nosso serviços. Os visitantes vão encontrar a partir do próximo ano uma estrutura como as que se vê pelo mundo a fora”, disse.

O consórcio terá, ainda, que implementar e manter exposição permanente no Centro de Visitantes sobre as riquezas naturais do parque e garantir a adequação das vias de acesso internas, das trilhas e da sinalização. Tatagiba explicou ainda que os serviços de gestão, conservação, proteção e pesquisa, no entanto, continuam sob o controle administrativo e territorial do governo. “É importante deixar claro que isso não é uma privatização. A gestão do parque continua sendo desenvolvida por analistas ambientais do ICMBio. O que está sendo concedido são serviços de apoio ao parque nacional”, garantiu.

De acordo com Tatagiba, com os investimentos virão as reformas, sendo a primeira delas a reforma do Centro de Visitantes. “Em seguida a concessionária deve reforçar o manejo das trilhas e dos atrativos, além de uma reforma na estrutura administrativa e alojamentos, que abrigam voluntários, pesquisadores e brigadistas”, explicou. A previsão é de que antes da alta temporada, que ocorre no mês de julho, o parque já esteja reformado.

O chefe do parque explicou ainda que a partir do próximo ano haverá cobrança de ingresso para visitantes. O valor dos ingressos deve variar de R$ 3,00 a R$ 34,00. Sendo estabelecido o valor de R$ 3,00 pra moradores da região da Chapada dos Veadeiros, R$ 17,00 para brasileiros, R$ 34,00 para estrangeiros e R$ 26 para os países membros do Mercosul. “A concessionária será responsável pela cobrança dos ingressos com um sistema informatizado, feito com muita segurança e transparência”, concluiu.

(FONTE: Site Mais Goiás)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.