Foi instaurada na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) nesta quinta-feira (28) a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar questões referentes à empresa privada Enel. Parlamentares querem entender o porquê de suposta piora do serviço prestado, o que tem gerado centenas de reclamações dos usuários goianos em todas as regiões.

Os deputados Henrique Arantes (PTB) e Alysson Lima (PRB), propositores da investigação, serão dois dos cinco membros titulares da CPI, que aceitará também outros cinco suplentes. Os líderes das bancadas terão até a próxima quinta-feira (7) para indicar os demais nomes.