Criada em Goiás Comissão para Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

_DSC7716A Comissão Estadual para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (CEODS Goiás) se reuniu na tarde desta segunda-feira (10/12), no auditório Jaime Câmara do Palácio Pedro Ludovico Teixeira.

A CEODS foi criada pelo Decreto Estadual nº 6.266, de 12 de julho de 2018. Sua finalidade é internalizar, difundir e dar transparência ao processo de implementação da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, subscrita pelo Brasil.

O evento contou com a participação do Secretário Nacional de Articulação Social da Secretaria de Governo da Presidência da República e Secretário Executivo Nacional dos ODS, Henrique Vilela. Ele saudou Goiás pela criação da sétima comissão que tem um papel fundamental, mostrando os desafios e prioridades do Estado em relação ao meio ambiente para comissão nacional. “Com a criação da comissão, Goiás vai definir o destino para onde vai o dinheiro da agenda 2030, determinando os destinos do desenvolvimento do território.”

O presidente da CEODSGoiás é o Superintendente Executivo do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Secima, Paulo Humberto Guimarães, que conduziu areunião. “Parabenizo os integrantes da comissão que vão fazer parte do processo. Todos são privilegiados com a oportunidade de definir por meio da agenda 2030, o desenvolvimento sustentável como o Brasil merece.”

Comissão

A Comissão é composta por 16 integrantes, dos quais 8 são representantes do Poder Público (seis Secretarias de Estado e 2 representantes do Poder Público Municipal) e 8 são representantes da sociedade civil. Na primeira reunião da CEODS foram empossados, os representantes das instituições que integram a Comissão. Também serão discutidos o regimento interno e o calendário de reuniões para o ano de 2019.

À Comissão Estadual para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável compete: elaborar plano de ação para a implementação da Agenda 2030; propor estratégias, instrumentos, ações e programas para a concretização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS); acompanhar e monitorar o desenvolvimento dos ODS e elaborar relatórios periódicos; elaborar subsídios para discussões sobre o desenvolvimento sustentável em fóruns estaduais, nacionais e internacionais; identificar , sistematizar e divulgar boas práticas e iniciativas que colaborem para o alcance dos ODS; promover articulação com os órgãos e as entidades públicas dos municípios para disseminação e execução dos ODS nos níveis estadual e municipal.

Agenda 2030

A Agenda 2030 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) faz parte de um Protocolo Internacional, assinado por 193 países (entre eles o Brasil), na Assembleia Geral das Organizações das Nações Unidas (ONU) em setembro de 2015. Nele, o governo brasileiro assumiu o compromisso de adotar um modelo de desenvolvimento sustentável, com metas a serem alcançadas até 2030.

Foram definidos 17 Objetivos, 169 Metas e 232 Indicadores, a serem cumpridos até o ano de 2030. Destacam-se temas relevantes, tais como erradicação da pobreza, saúde, educação, trabalho decente, inovação, consumo, consumo sustentável, combate à mudança do clima, paz e parcerias.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

1- Acabar com a pobreza

2- Acabar com a fome, segurança alimentar, nutrição e agricultura sustentável

3- Assegurar vida saudávelem todas as idades

4- Assegurar educação para todos

5- Alcançar igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas

6- Assegurar gestão sustentável da água e saneamento para todos

7- Assegurar energia para todos

8- Promover crescimento econômico e trabalho decente para todos

9- Construir infraestruturas resilientes e fomentar a inovação

10- Reduzir a desigualdade dentro os países e entre eles

11- Tornar as cidades e assentamentos humanos sustentáveis

12- Assegurar consumo e produção sustentáveis

13- Combater a mudaça do clima e seus impactos

14- Conservar oceanos e recursos marinhos

15- Proteger ecossistemas terrestres e deter a perda de biodiversidade

16- Promover sociedades pacíficas e inclusivas, acesso à justiça e instituições eficazes

17- Fortalecer meios de implementação e parcerias.

fonte: http://www.secima.go.gov.br

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.