Feminicídio: júri condena homem que matou namorada asfixiada

A justiça condenou, nesta quarta-feira (28), Daniel Justino Chaves, a 14 anos de reclusão pelo crime de feminicídio ao matar sua namorada, Katiane Rodrigues, asfixiada. A pena deverá ser cumprida em regime fechado na Penitenciária Odenir Guimarães, antigo Cepaigo, em Aparecida de Goiânia.

O crime aconteceu em 2016, no dia dos namorados. Na sessão do júri popular, a defesa defendeu a legítima defesa e ainda, requereu a desclassificação do homicídio doloso para o homicídio culposo. Os argumentos foram rejeitados pelo Conselho de Sentença, já que o crime foi cometido em ambiente doméstico e familiar e em período noturno.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.