Inflação para famílias com renda mais baixa avança 0,32% em dezembro.

2018-05-28t112022z_1_lynxnp-e1529329650316As altas dos preços da cebola, da batata inglesa, da banana prata e da taxa de água e esgoto residencial puxaram a inflação no mês de dezembro para as famílias com renda entre 1 e 2,5 salários mínimos.

Os dados são do Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), divulgado nesta sexta-feira (4) pela Fundação Getulio Vargas.

O índice subiu 0,32%, ficando 0,57 ponto percentual acima do mês de novembro, quando havia registrando uma queda de 0,25%.

Em comparação ao Índice de Preços ao Consumidor Brasil (IPC-BR), que mede a inflação para todas as famílias, a alta do IPC-C1 foi maior no mês de dezembro, uma diferença de 0,03 ponto percentual, mas na comparação com o resultado do ano, o IPC-BR apresentou uma inflação maior, de 4,32%.

As classes de despesa habitação e alimentação foram as que mais pesaram no bolso, acompanhadas por saúde e cuidados pessoais; vestuário; educação, leitura e recreação; e despesas diversas, todas apresentando alta.

Apenas duas das oito classes de despesas tiveram queda nos preços – transportes e comunicação. O preço mais baixo da gasolina e dos pacotes de telefonia fixa e internet foram os que contribuíram para deflação nesses grupos.

fonte:www.ebc.com.br

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.