Tempestades jupterianas

Parece um pintura. crédito da imagemNASA/Gerald Eichstädt e Seán Doran)

Trabalho colaborativo

NASA divulgou há alguns dias uma imagem considerada espetacular capturada pela sonda espacial juno — que foi lançada em agosto de 2011 para estudar o gigante gasoso — durante seu sobrevoo de número 16 pelas imediações de Júpiter, manobra que aconteceu no dia 29 de outubro. Na ocasião, a nave passou a cerca de 7 mil quilômetros de distância das nuvens que se formam na turbulenta atmosfera jupteriana, e registrou uma imensa tempestade anticiclônica — que é a estrutura esbranquiçada e com formato ovalado que você pode ver na parte superior do registro.

A   fotógrafa sensacional,  faz parte do  trabalho da dupla Gerald Eichstädt e Seán Doran — que dedica parte do tempo livre para processar as fotos e dados coletados pela sonda espacial e já se tornou famosa por suas contribuições.

(Fonte: com informações www.tecmundo.com.br)