Presidente do Senado enterra segunda tentativa de criação de CPI da Lava Toga

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), enterrou nesta terça-feira (26), pela segunda vez neste ano, a tentativa de se criar uma comissão parlamentar de inquérito para investigar integrantes de Tribunais Superiores, a chamada CPI da Lava Toga. “O requerimento não reúne os pressupostos constitucionais e regimentais de admissibilidade. Determino seu arquivamento”, disse o presidente do Senado.

O próprio Davi, no entanto, encaminhou sua decisão à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) para que o colegiado se manifeste. Assim, não terá que arcar com o peso de tomar a decisão final.

Davi já havia se manifestado contra e, nos últimos dias, atuou junto com o governo para tentar demover seus 29 colegas que assinaram o requerimento de criação da CPI. Para tentar se proteger politicamente, já que se não todos, a maioria dos signatários integram sua base de apoio, Davi encomendou dois pareceres.

“Vossa excelência foi eleito presidente desta Casa para mudar. Foi o seu discurso”, disse o senador Lasier Martins (PODE-RS), antes mesmo do anúncio oficial de Davi.

“Queria pedir a Vossa Excelência que não transforme esta Casa em uma bastilha. É um momento de pacificação, e nós estamos conseguindo manter isso de uma forma serena, de uma forma tranquila, o que outras Casas não estão conseguindo. Mas agora, neste exato momento, é decisivo. Nós não podemos fazer de conta que isso não está acontecendo nesta Casa”, disse Eduardo Girão (PODE-CE).

Saiba mais em: https://www.emaisgoias.com.br/presidente-do-senado-enterra-segunda-tentativa-de-criacao-de-cpi-da-lava-toga/

(Fonte: Mais Goiás)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: