Substância do brócolis tem ação anticancerígena, segundo estudo

O brócolis é um dos vegetais mais ricos em vitaminas e, por isso, considerado excelente alimento para compor uma dieta balanceada. Além do seu valor nutricional, tem potencial para ser usado no combate ao câncer. A descoberta foi feita por cientistas israelenses, que conseguiram reduzir a ação de um gene relacionado ao crescimento de tumores com o uso de um composto presente na planta comestível. As descobertas foram publicadas na última edição da revista Science.

Os cientistas focaram no gene PTEN — uma das proteínas mais comuns em tumores humanos, com capacidade de suprimir as células doentes. Porém, a presença de alterações pode atrapalhar esse efeito anticancerígeno. “Certas mutações de PTEN herdadas causam síndromes caracterizadas por suscetibilidade ao câncer e defeitos de desenvolvimento”, explica ao Correio Pier Paolo Pandolfi, diretor do Instituto de Pesquisa do Câncer do Beth Israel Deaconess Medical Center e principal autor do estudo.

Pandolfi e sua equipe identificaram as moléculas e os compostos que regulam a função e a ativação do PTEN para tentar impulsioná-las. Realizando uma série de experimentos em camundongos propensos a ter a doença e em células humanas, eles descobriram que o gene WWP1 — conhecido por facilitar o desenvolvimento do câncer — produz uma enzima que inibe a atividade do PTEN, favorecendo, assim, o aparecimento da doença. Ao analisar a forma física da enzima, a equipe observou que a pequena molécula indole-3-carbinol (I3C), presente no brócolis, poderia ser a chave para suprimir os efeitos cancerígenos do WWP1.

Veja mais em:https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2019/05/17/interna_ciencia_saude,755484/substancia-do-brocolis-tem-acao-anticancerigena-segundo-estudo.shtml

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: