Unidos por Moro, grupos na Paulista racham entre apoiar ou não Bolsonaro

Apesar do consenso no apoio irrestrito ao ministro Sergio Moro e à operação Lava Jato, os movimentos organizadores da manifestação de hoje na Avenida Paulista, em São Paulo, divergiram em outros pontos, principalmente no alinhamento ao governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Foram quatro os principais grupos que organizaram o protesto na capital paulista: Vem Pra Rua, Nas Ruas, MBL (Movimento Brasil Livre) e uma espécie de consórcio entre o Direita SP, ligado a parlamentares do PSL em São Paulo, e grupos menos expressivos. Também participaram do ato coletivos menores, além de manifestantes independentes

Entre os principais organizadores, Nas Ruas e o consórcio do Direita SP defendiam explicitamente o presidente e seu governo. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi criticado abertamente pelos dois grupos de manifestantes. Veja mais em:https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/06/30/apoio-a-bolsonaro-divide-grupos-em-manifestacao-pro-moro-em-sp.htm?foto=2

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: